Dê a sua opinião

Gostaria de adquirir uma consulta profissional?
 

Newsletter

Receba notícias de actualizações, a carta do destino, e conselhos para a semana...
Newsletter Web-Tarot


Receber em HTML?

Quem está online

Temos 76 visitantes em linha

Início » O Tarot » A História do Tarot »

O Renascimento e o Tarot

Pontuação:: / 3
MAU BOM      

Após a idade das trevas e a perseguição da Igreja, o Tarot assistiu novamente a uma expansão extraordinária por todo o mundo.

Partindo da Europa, onde anteriormente teria chegado vindo do Egipto, e espalhando-se por toda a América do Norte e muitas outras regiões do mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O século XIX deu início a toda uma revolução nas artes místicas e do esoterismo que potenciou esta expansão de acesso a conhecimentos que antes se encontravam suprimidos.

Infelizmente, com esta expansão assistiu-se também a uma grande propagação de charlatães e impostores, cujas condições sociais típicas da altura lhes permitiam enganar as pessoas menos informadas conseguindo assim largas somas de dinheiro.

Estes vigaristas contribuíram também, na altura, para o denegrir da arte do Tarot, bem como da leitura da sina, a CabalaAstrologia e muitas outras artes. Minando assim a aceitação generalizada da população, o Tarot teve, mais uma vez, dificuldades em vingar novamente como uma arte reconhecida.

Esta situação deu-se até meados do século XIX, começando depois a melhorar gradualmente até aos dias de hoje, em que o acesso à informação não está condicionado apenas aos mais abastados, mas sim, a toda a população em geral.

Podemos dizer então que o Tarot foi muito influenciado pelo Renascentismo.

 

Ir para a página

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
WebSite optimizado para 1024x768 - Copyright © 2017 Web-Tarot. Todos os direitos reservados.